I RICORDI DELLA MAMMA

Inês Trazzi Belode

i_ricordi_della_mammaDados: É sempre gratificante ouvir as narrativas dos que foram protagonistas na imigração, no caso, italiana, num período pesterior a 1800 e, também, posterior à primeira guerra mundial(1914/1918). Chama atenção, igualmente, que é a mamma Genoveva Bortolin(1917) que, recordando os tempos da imigração de um grupo de Bortolin, passa através da filha Inês Trazzi Belode, suas recordações e com muita propriedade.
Se é referente aos Bortolin, pode interessar, também aos Bortolini. Estudos evidenciam que se trata do mesmo grupo de famílias com grafias diferenciadas, próprias de cada tempo. Foram muitos anos (1383/2009) e como ocorreu com os apelidos, pode ter ocorrido fenômeno semelhante com os Bortolin, Bertolini, Bartolini e outros.
Algum dia surgirá um estudioso que conseguirá estabelecer as reais relações parentais havidas no decorrer dos séculos.
Inês, brinda os leitores com sua maneira familiar de escutar a mamma Genoveva, filtra pelo coração e registra algo que merece ser lido e apreciado, valorizando e entendendo o que significam os ancestrais que, com fé e trabalho colocaram fundamentos ao atual bem-estar. Não foi gratuito, não!
Lendo pausadamente as narrativas, algo deve falar ao coração das atuais gerações e cultivar os valores familiais herdados. Trata-se de uma história de vida plena de amor, trabalho e dedicação( Inês Trazzi Belode).

Livro de 101 páginas e com fotos ilustrativas.
Autora: Inês Trazzi Belode
Editora Literarte, Jundiaí – SP – 2005